Últimos assuntos
» [Evento] O Resgate de Nike
Seg Set 10, 2018 11:24 pm por Ryella de Aquário

» [RP FECHADA] Fantasmas do passado.
Qui Set 06, 2018 4:35 pm por Sawyer de Leão

» [RP FECHADA] Gêmeos Renasce.
Qui Set 06, 2018 10:35 am por Sawyer de Leão

» [R] - Ross
Sab Jun 11, 2016 10:44 pm por Ross Barkley

» [RP - FECHADA] Ezra'il e Shiori
Qua Maio 25, 2016 9:03 am por Ezra'il de Dragão Marinho

» 3ª Esfera - Ptolomeia
Qui Maio 05, 2016 3:47 pm por Athena

» Templo de Poseidon
Sex Abr 22, 2016 8:49 am por Poseidon

» Grande Suporte Principal
Sex Abr 22, 2016 8:45 am por Poseidon

» Pilar do Oceano Atlântico Norte
Sex Abr 22, 2016 8:40 am por Poseidon

Parceiros irmãos
Diretórios de recursos
Parceiros elite
Parceiros normais

Jamie de Aquário---Ficha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jamie de Aquário---Ficha

Mensagem por Convidado em Seg Fev 02, 2015 8:20 pm

Nome: Jamie de Aquário
Idade:22 anos
Sexo: Masculino
Signo:Aquário
Reino:Athena
Natureza de Cosmo:Aguá
Veste: Armadura Dourada de Aquário

Psicológico:Possui um coração de pura bondade, as coisas pequenas da vida é que são valiosas para ele. Apesar de sempre querer ajudar todos à sua volta, ele ajuda somente quando é necessário, quando ele sente que não é desejado naquele meio, ou o próprio ser dele não é necessário, ele se isola. Apesar disso, uma áurea misteriosa domina o seu interior, por vezes a sua personalidade pode ser fria e ruim (Como uma outra personalidade, como se algo vive dentro dele, dizem que é um deus dragão da água que ama lutar e a guerra), mas mesmo assim a sua lealdade é para o bem.

Aspectos Corporais: Jamie possui cabelos muito claros com tonalidade caramelada (quase um castanho mas bem claro). Sua pele é clara e seus olhos são azuis como o céu, apesar de possuir traços asiáticos, o seu sangue é mestiço (B+, predominantemente asiático mas apenas o fator sanguíneo). Seu tamanho é de 1,80 de altura e tem um porte físico magro, porém, resistente, ágil e veloz.

Habilidades:
Controle sobre a aguá, e a capacidade de criar o elemento aguá e gelo do nada, podendo mudar sua temperatura até o ZERO absoluto ( -273,15°C ) muito facilmente, sendo essa temperatura suficiente para congelar uma armadura de ouro ou qualquer coisa que ela encontrar...podendo ate congelar o fogo, e também consigo esfriar todo o lugar em que eu me encontro, apenas com a força da mente, podendo ate dificultar os movimentos do meu adversário caso eu queira que esfrie demais. Meu cosmo e frio, sendo assim, é o meio de diferenciar de cosmos de outros cavaleiros.



Técnicas: -x-

História: Nos tempos mitológicos orientais, os deuses normalmente possuíam formas de animais tanto místicos quanto comuns. Diferentemente dos deuses ocidentais, geralmente os deuses orientais eram espíritos sagrados, seres etéreos (apesar de em algumas histórias eles aparecerem em forma humana interagindo com humanos). Ryujin era um dos deuses dragão responsável pelos mares e oceanos, imponente, sendo até mesmo considerado o Rei Dragão.
 Possuía um palácio no fundo do oceano e poderia controlar todos os animais aquáticos, além de qualquer tipo de água. Algumas pessoas acreditavam que o primeiro imperador japonês era descendente deste dragão, pois mantinha um culto especial para ele e possuía um poder cósmico surpreendente, acima de qualquer outro humano já visto.
 Com o passar das eras, o poder dos deuses sagrados japoneses foi enfraquecendo o que fez com que alguns deuses deixassem de existir e outros se resumirem a apenas almas divinas, como foi o caso do Ryujin. As pessoas foram deixando de cultuá-los e temê-los, nos últimos séculos da sua existência como um deus completo, Ryujin travou inúmeras batalhas com os humanos, destruindo muitos clãs e submergindo cidades. Em sua última batalha, enquanto ele estava na sua forma humana (seus cabelos eram Caramelados e seus olhos azuis) um grupo de guerreiros de alto nível se sacrificou para selar a alma do dragão em uma urna.
 O poder completo do dragão foi selado nesta urna, assim como também a sua alma já enfraquecida pelo esquecimento do seu poder, permanecendo intacta até que um grupo de arqueólogos (a arqueologia surgiu no século XV mas só se organizou quatro séculos depois) liderados por Robert Kwang (um inglês criado por uma família coreana) e Shisui Kazami (uma japonesa, obviamente) encontraram uma cidade abandonada, provavelmente milenar, e começaram os seus estudos. Eles já suspeitavam da existência dos poderes cósmicos e da energia dos deuses sobre o planeta terra e humanos, e cada vez mais chegavam perto da resposta.
 O casal já possuía um filho com pouco mais de 3 anos de idade. Após um bom tempo de pesquisa, resolveram levar o seu filho a essas ruínas já que eles precisavam cuidar do garoto e não poderiam perder aquele dia, pois o grupo já havia preparado uma passagem para o único lugar das ruínas na qual eles não conseguiram chegar. Mesmo que parecesse perigoso, eles estavam familiarizados com o local e julgaram que não seria tão mal levar o garoto para lá, ele poderia até mesmo se distrair. O bebê era chamado de Jamie (Escolhido pelo pai ingles), possuía os cabelos caramelos do pai e os olhos claros esverdeados, mas os belos traços corporais da mãe, o que era algo muito peculiar.
 Haviam encontrado apenas traços culturais e alguns artefatos que tinham relação com os deuses, mas nada que emanasse uma energia especial... até que entraram numa espécie de caverna entre alguns escombros, e exploraram o seu interior. Em uma parte haviam alguns artefatos característicos daquele povo, também alguns itens valiosos mas nada que chamasse a atenção deles para o objetivo primordial daquela pesquisa. Enquanto estavam distraídos, o pequeno Jamie, entre tropeços, engatinhadas e passos desajeitados encontrava um artefato curioso: uma urna com um selo marcado com um símbolo japonês (ninguém ali conhecia o significado daquele símbolo por se tratar de uma forma arcaica do japonês) que significava "Rei Dragão".
 Inocentemente o pequeno garoto brincava com a tal urna, e em um instante inacreditável ele conseguiu romper aquele selo, mas o papel se fixou na sua pele de uma forma que nada conseguiria arrancá-lo dali. De repente uma grande luz emanou por toda a caverna, juntamente com essa luz uma energia cósmica poderosa poderia ser sentida por qualquer ser, desde que estivesse vivo. Quando todos direcionaram o olhar para o pobre garoto e a urna brilhante, algo saiu daquela urna e atingiu diretamente o corpo do garoto que logo perdeu a consciência mas permaneceu fixo no ar enquanto uma forte cosmo energia rugia e causava abalos sísmicos no local.
 O selo sumiu do corpo do jovem Jamie, seus olhos brilharam em um intenso azul claro até que se reviraram e ele desmaiou. Os seus cabelos ficaram muito mais claros, ganhando uma tonalidade um pouco branca e a sua pele era gélida, mas só em tocar o corpo humano receberia ondas cósmicas que deixariam o receptor tremendo. Infelizmente não tiveram muito tempo para entender a ocasião, a caverna estava começando a desabar então todos tentaram fugir desesperadamente dali. Robert tomou o seu filho em seus braços e tentou escapar até onde pôde, todos os seus companheiros haviam morrido e agora o seu filho estava nos braços da sua esposa e tudo que ele conseguia fazer era sustentar uma rocha por alguns instantes antes que desabasse sobre eles.
 Por fim, Shisui conseguiu escapar das ruínas com o seu filho inconsciente, o seu marido faleceu para que eles pudessem sobreviver... Jamie foi levado para anciãos de vários clãs antigos no japão, a sua mãe estava desesperada, o garoto não conseguia permanecer muito tempo acordado, sempre uma energia brilhava em seu corpo e ele ficava desacordado. Apenas um ancião foi capaz de ajudá-la, ele era descendente do clã mais antigo do Japão e felizmente conhecia a história do dragão Ryujin. O selo utilizado para prender a alma do dragão não poderia ser rompido, pois aquilo que se unisse ao selo seria o receptáculo do dragão, dessa forma, o dragão foi selado no corpo do garoto.
 Como o dragão queria se libertar e voltar a ter o seu poder completo a sua alma entrava em conflito com a alma do garoto e aquilo gerava uma sobrecarga no corpo de Jamie... Alguns anos se passaram, o garoto passava agora a estar sob os cuidados daquele ancião e dos sacerdotes do seu clã. Vários rituais eram feitos para que o garoto não acabasse morrendo por causa do Ryujin, seu corpo e espírito estavam sendo preparados para que um dia ele pudesse se encontrar com o dragão e entrarem em um acordo, pois um não viveria sem o outro já que o Ryujin habitava um receptáculo com vida.
 Quando o jovem Jamie atingiu os quatorze anos de idade já possuía conhecimento acerca do cosmo, já conseguia emaná-lo, conseguia entender o sentido de um pequeno universo existir dentro dele mesmo. Foi aí que o ancião decidiu que ele estava pronto para o ritual, seria o momento que definiria a sua vida dali em diante. Através do ritual, o garoto pode adentrar o seu subconsciente  e se encontrar com a cosmo energia do dragão, inicialmente o dragão parecia agitado e irritado por não estar no controle da situação mas não demorou muito para se mostrar ao jovem. O dragão se sentiu surpreso por estar com um humano que não sentia medo dele, sequer o conhecia, aquilo o deixava furioso mas também entristecido. Após longos anos sem poder se sentir "livre" ele teria uma chance, se o garoto morresse o dragão também morreria. Para que o dragão permanecesse vivo um último ritual deveria ser realizado, e ele acarretaria na morte do hospedeiro...
 Após longas horas, o dragão testou o garoto com diversas provas. Inicialmente testes mentais para que o garoto provasse digno de receber os conhecimentos do dragão, posteriormente, testes espirituais para que Jamie provasse possuir uma alma poderosa o suficiente para dividir espaço com o "Rei Dragão". Apesar de não ter sido simples, o dragão apenas permitiria que o garoto vivesse e usufruísse do seu poder em troca de ser libertado no fim de sua vida. O dragão não confiava no garoto, mas não lhe restava alternativas, Jamie estava aprendendo a controlar a sua energia e impedir que o dragão tomasse controle do seu corpo (mesmo que temporariamente, o que acontecia com frequência até aquele dia). Um pacto foi selado, a alma do garoto estava presa ao pacto espiritual com o dragão, então assim que a vida de Jamie chegasse ao fim, o ritual se iniciaria e Ryujin seria libertado.
 Enquanto a morte do jovem garoto não chegava, Ryujin poderia apenas ajudar o garoto a sobreviver pois um pacto espiritual não poderia ser burlado, ou seja, o dragão não poderia forçar a morte do jovem, as forças vitais iriam reger o tempo certo... Durante algum tempo o dragão saía do controle, sua cosmo energia era agressiva e causava danos a tudo e todos ao seu redor. Jamie demonstrava respeito ao dragão, e sempre fazia uma oferenda a ele na tentativa de conquistar a confiança do "deus". Após tomar controle do seu cosmo, seu último treino com o ancião foi aprender sobre os deuses mitológicos que desde a antiguidade governam e controlam o mundo. Os únicos guerreiros que ainda prevaleciam para proteger a terra e os humanos eram os Cavaleiros de Atena, guerreiros que lutavam pela paz e justiça.
 O garoto procurava sentido para sua vida, cresceu sem o pai, passou a maior parte da vida isolado, tendo que se submeter a meios extremos e terríveis de sobrevivência (por causa do dragão), se encontrava poucas vezes com a sua mãe pois vivia no templo do clã. Após decidir tomar conhecimento sobre os guerreiros da deusa Atena, Jamie se dirigiu à Grécia, estava disposto a dedicar o seu poder para proteger os humanos e também fazer com que o "Rei Dragão" pudesse se sentir o mais livre possível, dessa forma o seu nome ainda seria conhecido...
E foi assim que a sua jornada como um guerreiro de Atena se iniciou...
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jamie de Aquário---Ficha

Mensagem por Convidado em Seg Fev 09, 2015 1:21 pm

up
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jamie de Aquário---Ficha

Mensagem por Athena em Seg Fev 16, 2015 9:50 pm



reprovada



Sua ficha ficou interessante, porém a escrita ficou um pouco confusa, em diversas partes me perdi no texto e também achei um tanto superficial os motivos para se aliar a Athena. Não é nada muito difícil de se refazer, apenas tente estruturar o texto de forma mais sucinta e clara, além de trabalhar um pouco melhor a sua união ao exército de Athena.
Créditos finais: Saint Battle of Gods


Athena
Olimpianos
avatar

Ficha de Personagem
HP:
100000000/100000000  (100000000/100000000)
Cosmo:
100000000/100000000  (100000000/100000000)
Nível: 100

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jamie de Aquário---Ficha

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum