Últimos assuntos
Parceiros irmãos
Diretórios de recursos
Parceiros elite
Parceiros normais

[RP Fechada] A Demon's Fate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada] A Demon's Fate

Mensagem por Cecília de Griffon em Ter Maio 10, 2016 6:46 pm


A Demon's Fate

A RP irá começar com o post de Cecília de Griffon. Esta é uma RP FECHADA,conta apenas com a participação de Cecília de Griffon, Albafica de Peixes e Sophie de Cassiopéia. Estamos nos arredores da Vila de Rodorio nos limites do Santuário de Athena, ainda está de manhã, o céu está limpo e clima ameno. A Kyoto resolveu visitar a pequena vila a procura de novas "peças" para suas criações, quando foi interceptada pela amazona de Prata, mas ao longe pôde perceber um cosmo mais poderoso.





She seems dressed in all the rings...

''She is everything and more, The solemn hypnotic, My dahlia, bathed in possession, She is home to me, I get nervous, preversed, When I see her, it's worse, But the stress is astounding, It's now or never, She's coming home... Forever
Cecília de Griffon
Kyotos
avatar

Ficha de Personagem
HP:
800/800  (800/800)
Nível: 1
Cosmo:
800/800  (800/800)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] A Demon's Fate

Mensagem por Cecília de Griffon em Seg Maio 30, 2016 4:27 pm



OAinda não havia adentrado aos domínios da vila, estava distante, no alto de uma pequena pedra, onde seus olhos apenas observavam a calmaria local. O dia estava ensolarado, o céu azul e com poucas nuvens, atrás de si haviam algumas poucas árvores e nada mais, não estava um dia quente, a brisa fresca chocava-se contra a garota fazendo as longas madeixas alvas balançarem ao sabor do vento. Os olhos vermelhos, se quer piscavam, estavam fixos e brilhantes, totalmente devotados em vislumbrar o lugar, era como uma caçadora que observava suas vítimas, escolhendo qual seria a primeira, ainda que o intuito da Kyoto fosse matar o maior número de pessoas possíveis. A sapuris negra cobria seu corpo, o leve brilho roxo que a mesma tinha parecia engolir a luz do sol, deixando-a envolta em trevas, o elmo não vinha em sua cabeça como o de costume permitindo assim, que as linhas delicadas do rosto de Cecilia ficassem expostas. As grandes asas faziam-na parecer um anjo da morte, talvez uma analogia perfeita se tratando de quem era.

Seus pensamentos eram tomados por uma única coisa naquele momento, destruir tudo que estava diante de seus olhos. A alma perturbada da Kyoto ansiava pelos gritos, pelas súplicas e pelo terror que poderia causar. Mais do que isso, Cecilia queria ver o pavor nos olhos de cada um que atravessasse seu caminho, queria sentir a vida se esvair em suas mãos, ouvir a melodia dos ossos se quebrarem ao seu bel prazer. Era uma mulher de beleza ímpar, mas presa para sempre dentro da mente de uma criança que encarava tudo aquilo como uma doce brincadeira. Ela não era como os outros espectros, de longe ela era a mais sádica, a mais forte e a mais temida, até mesmo entre os soldados de Hades. Uma mente que fora quebrada e distorcida pelo próprio senhor do submundo, que criou o mais fantástico, mas também o mais perigoso soldado que poderia ter em seu exército. Todos que ouviam o nome de Cecilia de Griffon tremiam diante de sua presença, ou se quebravam como brinquedos na mão da jovem, ela era alguém que não temia nada, nem mesmo a imperatriz do submundo e representante de Hades.

Um sorriso surgiu em seus finos lábios, algo que ao mesmo tempo era belo e diabólico, a adrenalina começava a correr em suas veias, sua respiração acelerava. Era a ânsia por matar que tomava seu corpo e a fazia desejar pular no meio do daquele lugar, precisava daquilo, algo dentro de si se agitava a cada momento que necessitava esperar, mas era necessário esperar o momento certo. Ter um adulto e uma criança dentro de si as vezes era um sério problema, um grande conflito interno tinha início dentro da juíza, duas personalidades totalmente distintas que lutavam para ter o controle, era um cabo de guerra interno e ela já havia aprendido a lidar com a situação. Precisava de novas peças para suas bonecas e sabia que naquele lugar encontraria tudo o que procurava, porém era um plano arriscado, estava aos pés do santuário de Athena. Novamente o sorriso veio fácil seus lábios, não podia invadir o santuário sem uma expressa ordem de Hades, mas se algum cavaleiro viesse ao seu encontro seria uma diversão agradável.

Uma voz, porém, interrompeu seus pensamentos, seu cenho se franziu ao não ter notado tal presença, a voz vinha de suas costas, mas até então ela não havia se dado ao trabalho de se virar: — Veja todas aquelas pessoas lá embaixo. Tão pequenas... Tão frágeis... — Sua voz era carregada com o sadismo habitual. Em sua mente já imaginava no que aquele lugar iria se transformar e não podia negar, regozijava com tal pensamento. Seu cosmo levemente se precipitava, era notável a inquietude da jovem que até então permanecia plácida, ainda fosse apenas uma máscara. Sua mão direita se aproximou de seu rosto e a lateral do seu dedo indicador deslizou por seus lábios ressequidos e entre abertos: — Eu vou usa-los, cada um deles, cada parte. Serão meus. Meus! — Vociferou a menina nitidamente perdendo o controle sobre si, a sede de sangue e dor dominando sua mente. Mas sabia que antes de fazer o que pretendia tinha um pequeno contratempo para resolver mas faria dele sua diversão também.

Sua cabeça se inclinou levemente para trás, ao mesmo tempo que seus calcanhares giraram fazendo-a ficar frente a frente com a garota que havia se aproximado. Ela meneou a cabeça observando-a, os cabelos loiros da garota caíam por cima da armadura, mas havia uma máscara ocultando seu rosto. Cecilia balançou a cabeça negativamente, os cabelos brancos bailavam contrastando diretamente com: — Assim não posso ver seu rosto! Como vou saber se quero usá-lo!? —  Gritou em direção a amazona de Athena, olhando-a com seus profundos olhos vermelhos. A raiva tomava seu corpo gradativamente e o cosmo maligno envolvia todo o lugar, o cosmo da Kyoto não tinha os tons de roxo que era comum ao exército de Hades. Somente ela possuía um cosmo tão negro como a mais profunda escuridão: — Eu vou quebrar você inteira. E não vou deixar nenhum pedaço para trás. — A ira em sua voz era perceptível e fazia até mesmo o chão tremer diante de sua fúria.

Cecília de Griffon


She seems dressed in all the rings...

''She is everything and more, The solemn hypnotic, My dahlia, bathed in possession, She is home to me, I get nervous, preversed, When I see her, it's worse, But the stress is astounding, It's now or never, She's coming home... Forever
Cecília de Griffon
Kyotos
avatar

Ficha de Personagem
HP:
800/800  (800/800)
Nível: 1
Cosmo:
800/800  (800/800)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum