Últimos assuntos
Parceiros irmãos
Diretórios de recursos
Parceiros elite
Parceiros normais

[RP ABERTA] Cold Rain

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Sab Maio 28, 2016 12:39 pm


Cold Rain


   A RP irá começar com o post de Ivana de Corvo. Esta é uma RP ABERTA, então fique à vontade para entrar e participar (Preferencialmente sem tretas, thanks). Estamos no Vilarejo de Rodorio, e o dia está amanhecendo, dando sinais de que será um pouco nublado, porém sem perspectivas de chuva por enquanto.

   




Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Sab Maio 28, 2016 1:10 pm










Silent Call

"Um por todos e todos por um"



-É uma menina! - Exclamou olhando a recém-nascida nos braços da parteira, sem reprimir um sorriso junto com o costumeiro brilho nos olhos castanhos. Seguindo as instruções da velha mulher a quem ajudava, foi limpar a criança e fazer uma prece a Héstia e a Athena para que abençoassem aquele lar. Alguns minutos depois de todo o trabalho feito, lavou-se e foi dispensada com agradecimentos e um tapão nas costas, saindo da casa com um sorriso bobo, pensando em como o nascimento era um momento sublime na vida de todo o ser humano.

"Obrigada por me permitir testemunhar isto, Héstia, Athena" Sua expressão se tornou mais suave ao ver o sol despontando no horizonte e o bando de corvos que a esperava nas árvores do lado de fora, embora para os outros a impressão fosse a de que todos estavam ali, ela imediatamente notou a falta de dois, que patrulhavam silenciosamente os arredores, cuidando para que nenhum invasor chegasse sem ser detectado.

-Como vocês estão? Aconteceu algo enquanto eu estive fora? - Perguntou baixo recebendo alguns deles em seus braços com familiaridade e escutando em sua mente o que lhe passavam apesar dos olhares estranhos que alguns moradores direcionavam ao grupo. Em respeito a eles não ficou muito tempo ali, ajeitou a túnica negra de mangas longas que usava sobre um vestido cinza e ergueu o capuz cobrindo sua cabeça, voltando a fazer sua silenciosa caminhada enquanto admirava o nascer do sol.






Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Raizen de Cães de Caça em Sab Maio 28, 2016 1:59 pm


Cosmo diferente... ?

  Cansado após mais uma missão desgastante que completava com perfeição que só Raizen sabe, seus passos continuavam calmos e cautelosos como de costume e não sentia o cansaço em suas pernas, seu corpo demostrava exaustão com tamanho suor pingando em seu rosto, sua pele ficava incomoda ao sentir a armadura tocar em sua pele suada, uma sensação que não gostava de sentir, mas aguentava o suficiente até tomar um banho ou a brisa forte que soprava do sul secasse seu corpo totalmente. Era mais um dia de frustração com sua Excalibur, mesmo que resultados fossem altos e como esperados com perfeição, não encontrava o ponto exato da sua habilidade, a Vila Rodorio estava poucos metros de distância do Cavaleiro de Prata, mas um lago estava próximo dele, decidiu mudar seu rumo para coletar um pouco de água com uma garrafa que levou para sua missão, aquecer seu corpo por dentro, ao avistar a água a sede tomava conta, sentia a sua garganta ressecar e engolir uma saliva que descia rasgando, precisava com urgência beber aquele liquido puro. Satisfatório saciar sua sede com uma água cristalina, coletava um pouco para beber no caminho da vila, seus passos ficaram mais apressados com o tempo que se encurtava, queria chegar logo ao local que se sentia mais seguro, comer alguma coisa talvez, mas não sentia fome alguma no momento. Chegava a entrada da Vila e seus passos ficaram mais calmos sem pressa para andar, pretendia se sentar em um praça para aliviar um pouco seu estresse da missão, passeava em uma direção reta pelas ruas observando tudo ao seu redor.

Algo lhe chamaria atenção por estar diferente, sentia um cosmo que certamente não era de um inimigo, mas que lhe chamava atenção pela extensão que tinha e sem contar em corvos que percebia em certo local, não era estranho, mas não costumava ver corvos a essa hora ou não notava quando tinha algum pelo céu. Estava cedo ainda e mesmo que o tempo aparentasse uma chuva leve não deixava nenhum indício forte, poderia ser uma aliada e o mesmo presumia que seria alguém nada amigável ou algum inimigo camuflado. Apressou seus passos em direção do local e precisamente observando para onde os corvos iriam, mas perdia a vista quando algumas casas mais altas cobria sua visão, mesmo que tivesse ciente de onde o cosmo apareceria ele não se mostrou muito preocupado. “Para ser um inimigo ele está demorando muito para agir, não deve nenhum espectro e seu cosmo é tão grande quanto o meu, será um Cavaleiro de Prata?” Presumia em seu pensamento julgando pelo cosmo que sentia, diferente de um cosmo bronzeado ou de um Cavaleiro de Ouro, ficava mais curioso por dentro para saber quem seria esta pessoa.

Com a proporção que aumentava seus passos o tempo que levou para chegar ao local foi muito pouco, não percebia quando se movia tão rápido a ponto de correr na direção, esperava encontrar um Cavaleiro de Prata de aparência robusta como o cosmo demostrava-se, mas não era isso que via, estava poucos metros quando percebeu um rosto adorável em uma mulher, isso levou abaixo as expectativas do Cavaleiro de Cães de Caça, mas não foi uma surpresa ruim, percebia que ela notaria a sua armadura e então se manteve quieto esperando por ela, esperou que chegasse próximo e ao nota certamente alguns metros de distância e cruzou seus braços levando uma de suas mãos ao seu queixo demostrando dúvida com relação a pessoa que estava a sua frente. - Hm… Até que você é bonita para o cosmo que emana. - Pausou movendo seus olhos dos pés a cabeça da mulher, era como se fizesse um raio-x. - Achei que fosse um homem feio, fedorento e imundo. - Respondeu de forma direta sem pensar no que estava falando, como de costume. - Bom, peço desculpas, linda moça. Sou Raizen de Cães de Caça! - Se apresentou de forma amigável direcionado um elogio a mulher que estava a sua frente. Sua cabeça começava a desenvolver todos os tipos de reações e respostas que poderia ouvir da mulher, mas descartava tudo que sua cabeça lhe enviava, a aparência calma não fugiu do seu rosto e continuou a espera, poderia imaginar que ela sairia sem falar com ele, mas isso não importaria muito.        


Raizen de Cães de Caça
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Seg Maio 30, 2016 4:33 pm










Silent Call

"Eu sou marcada pelo fogo"



A amazona caminhava devagar, rodeada por cinco corvos que mantinha próximos enquanto os outros voavam mais acima de si, alguns indo na frente e outros cuidando da sua retaguarda. Escutava os sussurros das aves com tanta clareza quanto escutava a movimentação das pessoas que começavam seus dias, talvez até mesmo mais, afinal, durante meses os corvos foram os únicos seres vivos com quem manteve contato.

Chegaram até a praça do pequeno vilarejo, era um ambiente bonito, com alguns bancos que permitiam observar o nascer do sol de uma maneira privilegiada como poucos lugares. A fonte estava repleta de água cristalina e ela sabia que os corvos gostavam do local.

"Ainda há muitas coisas sobre nós que eu não entendo, mas sou grata por estarem aqui" Pensou com um sorriso tranquilo, sentando-se num banco e retirando das roupas um saco de sementes que começou a jogar no chão, alimentando seus amigos que logo desceram do céu e se aproximaram, famintos. Alguns deles recuaram perante a manifestação de um poderoso cosmo que se aproximava, mas Ivana não se mexeu, reconhecendo um dos cavaleiros de prata que já havia visto no santuário durante pouco tempo, embora nunca tivessem trocado uma palavra.

"Bonita?" Talvez a jovem tivesse rido daquilo caso sua personalidade permitisse, afinal, a enorme cicatriz no rosto definitivamente não era vista como um sinônimo de beleza pela maioria das pessoas, então não pôde deixar de respondê-lo, ainda jogando sementes para seus corvos -Você é muito gentil, há anos não escuto um elogio referente a minha aparência - Falou com um pequeno sorriso, baixando o capuz e jogando os cabelos negros para trás, revelando a queimadura no lado direito do corpo que o rapaz só via até o pescoço, mas que ainda se prolongava -Eu já lhe vi algumas vezes no santuário, embora não soubesse seu nome é um prazer conhecê-lo, Raizen. Eu me chamo Ivana de Corvo - Se apresentou em tom cortês.






Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Raizen de Cães de Caça em Ter Maio 31, 2016 2:56 pm


Humanos

         
Poucas coisas poderia surpreender alguém que observou de perto o último nível da pobreza humana, a estupidez humana poderia ir além da imaginação de qualquer um, um ser que cuja maldade é tão grande que nem mesmo espectros de hades dos mais piores se comparam, é talvez um lado que os deuses desprezem à amaldiçoar com a morte, cada expressão que Raizen detectava com sua visão escondia algum lado sombrio, não foi diferente com a amazona Ivana, mudava um pouco seu estilo no momento se tornando mais descontraído porém mais sério, as primeiras palavras que saia da boca da amazona não surpreendeu em momento algum, mas algo lhe chamava atenção e não era a cicatriz que carregava como uma maldição, talvez. - Então não costuma ser elogiada? - Pausou, sua voz demostrava descontentamento e não com a amazona ou pelo que ela falou, mas sim pela própria estupidez humana. Seus olhos mudava a direção no sentindo leste, era possível observar que se sentia triste com aquilo. - A estupidez humana não é compreensiva, não conheço seu passado, mas esse tipo de elogio não deveria ser raro se tratando da sua beleza. - Deixou que suas palavras fossem aos ouvidos da mulher, não demostrou pena com seu olhar e nem mesmo deixou que a cicatriz mudasse a forma de olhar.

Se movimentou lentamente até seu lado esquerdo passando por cima de seus corvos e da comida que alimentava-o, a mesma mão que guardava a sua excalibur se moveu na parte queimada de seu rosto, seu toque era sutil e sentia a irregularidade de sua pele. - Usa o capuz para esconder isto? - Perguntou, mas sem dar tempo de responder deixou o resto de suas palavras escapar de sua boca. - Não deveria esconder, isso não lhe faz diferente e nem feia, não combina com você, mas também não lhe torna feia. - Finalizou tirando sua mão do rosto dela, voltou lentamente na mesma direção que estava antes e presumiu que ela esperaria os corvos se alimentarem, claro não tinha nada para fazer naquele momento e então poucos metros da frente dela, o cavaleiro se sentou no chão frio - Sabe. - Chamou a atenção da garota, colocando sua mão na cabeça tentando se lembrar de onde ela havia lhe visto, mas não conseguia refrescar sua memoria. - Não sei como não lhe vi pelo santuário…  - Suas palavras soava de forma duvidosa, sua cabeça não lhe ajudava a se lembrar de nada.


Raizen de Cães de Caça
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Qua Jun 01, 2016 12:56 am


 

 

 

 

 
 

 
The Raven

 
"Ele é parte do bando, não o ataquem"

 

 

 
Ivana estaria mentindo caso dissesse que não se surpreendeu com a reação do cavaleiro ao ver seu rosto, foi algo tão... natural, cotidiano até. Talvez fosse esta a forma que a maioria das pessoas deveria agir perante a isto, quem sabe, mas com certeza não seria ela a pessoa mais qualificada para determinar tal coisa.

Os olhos castanhos ergueram-se, observando com cautela o rapaz a sua frente que, ao contrário da maioria das pessoas, não parecia sentir nojo, asco, repulsa ou qualquer sentimento semelhante ao que o conjunto formado pela cicatriz e os corvos normalmente despertava nas pessoas. Não que ninguém a aceitasse daquela forma, afinal, as parteiras da vila eram um exemplo claro de gente que gostava dela exatamente do jeito que era, porém uma coisa era a aceitação das senhoras bondosas cujo tempo de vida naturalmente lhes dava mais sabedoria para ver além das aparências, outra completamente diferente era a aceitação quase que imediata de alguém que deveria ter mais ou menos a mesma faixa etária que ela.

-De fato, não faz parte da minha rotina receber elogios, mas é melhor assim -
Concluiu baixando o olhar com um pouco de melancolia, lembrando-se contra a sua vontade dos acontecimentos que a levaram até ali, ou mais precisamente, de como a sua soberba e orgulho a destruíram no passado... É, definitivamente estava melhor assim, porém não pôde deixar de corar um pouco ao escutar um elogio tão sincero e espontâneo.

-Você definitivamente é uma pessoa gentil -
Falou um pouco mais baixo, com um sorriso quase imperceptível que desapareceu ao sentir o toque de Raizen em seu rosto. Por um instante, encolheu-se em pânico, revivendo memórias cruéis que iam desde o dia em que ganhou a cicatriz até momentos ruins vivenciados no próprio santuário; os corvos grasnaram quase que imediatamente sentindo a hesitação da companheira, mas com um pensamento ela os acalmou, numa linguagem simples que sabia que compreenderiam "Está tudo bem, ele é parte do bando".

Respirou fundo, torcendo internamente para o rapaz não ter percebido seu pequeno ataque de pânico, e retomou a postura aos poucos.

-A cicatriz não me incomoda - Respondeu -Mas não são todos os que gostam de vê-la, então em respeito a estas pessoas eu a mantenho dessa forma - Não estava mentindo, o tempo a fez lidar com as marcas em seu corpo muito bem e hoje em dia Ivana pode ser considerada uma pessoa completamente resolvida quanto a esta questão, porém nem todos reagiam bem aquela visão e, por eles, a garota se mantinha escondida, aceitando aquilo como mais uma parte de sua eterna penitência -Eu não treino junto com os outros cavaleiros e amazonas e o pouco que sei sobre eles é o que eu observo de longe ou o que os corvos me dizem, então não se sinta culpado caso não lembre de mim. É uma escolha pessoal me manter invisível.

Acabou deixando outro sorriso terno escapar, lembrando-se de quando chegou ao santuário de Athena. Três dias foram necessários para que a deixassem entrar, mas apesar da permissão, não encontrou mestre e sempre treinou sozinha, ensinando e sendo ensinada apenas pelos corvos que a ajudavam colhendo informações. Ainda hoje não eram muitos os que toleravam a sua presença e ainda menor era o número dos que não se incomodavam com o bando de corvos que ia consigo a tiracolo, e considerando que abandonar seus melhores amigos estava fora de questão, a amazona não lamentava nem um pouco o fato de treinar aparentemente sozinha, porque enquanto eles estivessem ali jamais estaria só.
 

 

 
 
 


Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Raizen de Cães de Caça em Qua Jun 01, 2016 12:53 pm


Vamos não se preocupe.

         
     Mesmo as explicações da mulher não foi valida em sua cabeça, ainda se perguntava como não poderia ter sentido tal cosmo, mas aos poucos deixava essa ideia se perder em seus pensamentos. Os infinitos pensamentos sobre qualquer situação com relação, era como uma zona de guerra com diversos soldados correndo pelos locais, conseguia desde sempre não permitir que seus pensamentos fossem mais alto. Lhe chamar de gentil não é incomum, mesmo que seja assim quase que frequentemente, também sabe ser ignorante e nem mesmo percebe isso. - Bom, se depender de mim, não deixaria que elogio se torne raro em sua rotina. - Disse com um sorriso desenhado em seu rosto, se perguntava o porque ela ficava sozinha, mas na verdade se perguntava sobre tudo com relação a ela, mas não podia simplesmente jogar qualquer pergunta a tona, seria algo indelicado de sua parte. Seus olhos por muitas vezes procurava o dela, era bom falar olhando nos olhos da pessoa, uma sensação única de sentir muitas coisas que apenas palavras não respondia, porém os corvos e o cosmo que a mesma emanava era assustador até mesmo para ele. - Para ficar mais forte… Precisei treinar sozinho… Acho que o tempo que fiquei só me fez apegar as pessoas que gosto a primeira conversa. - Pausou, seus olhos no momento em que falava estava voltado para os céus, se lembrava da sua mãe e aquele sentimento de saudade queria escapar por entre seus olhos em forma de lagrima. - Me pergunto se é desse sentimento que a força da minha lâmina aumenta… - A mesma mão que tocou o rosto dela era a que seus olhos devoravam com certa frustração, não era apenas poder que esperava adquirir com ela

- Espero que seus amigos tenham dito coisas legais sobre mim… - Respondeu um pouco sem graça com a mão coçando sua cabeça. Não sabia exatamente o lado que os corvos poderiam ter visto dele, mas isso não lhe preocupava muito, um cavaleiro solitário como Raizen não tinha muito que se preocupar com espiões. Deixou que os problemas pessoais dela de lado, presumia que não era algo que gostaria de conversar naquele momento e provavelmente em nenhum momento futuro, pelo menos não hoje. Ainda estava cedo para fazer perguntas sobre suas escolhas pessoais como a tal cicatriz que parecia se prolongar em seu corpo. Sua presunção certamente já deveria ter feito alguma teoria sobre oque aconteceu com ela, mas não percebia nada naquele momento em que a tocou em seu rosto, deixou de lado visando uma lanchonete no seu lado esquerdo, alguns metros de distância. A fome não batia na sua porta, mas talvez a pessoa a sua frente sentisse alguma fome. “Ela deve estar de pé há muito tempo… Seria indelicado da minha parte deixa-la desse jeito.” Pensou em sua cabeça tomando sua ação de imediato.

Sua mão lhe apoiava e aos poucos se levantou do chão, como de costume se espreguiçou tomando de volta a sua disposição de não fazer nada como de costume, a sua vida como Cavaleiro de Prata estava bastante tediosa, queria alguma ação a mais, mas nada que o tempo fosse lhe trazer agora. Na vila os comerciantes tem o costume de abrir tudo cedo, não era surpresa ter alguma lanchonete aberta, foi uma reação de imediato que tomou ao ficar de pé de frente para ele, se movimentou um pouco rápido e com um toque delicado segurou a mão de Ivana, um sorriso se destacou em seu rosto era um convite amigável para se juntar a mesa com ele, não iria demorar para que o mesmo sentisse fome. - Hey, venha. É melhor que ficarmos no meio da rua, não acha? - Respondeu trazendo-a devagar até o estabelecimento.

Sentou-se na direção do sul, mesa de madeira fina com os assentos feitos de lã, um tanto confortável, a mesa simples com desenhos aleatórios, mas sem significado. Esperava que a mesma se sentasse e por isso deixou que ela tomasse sua decisão, não se importaria com seus corvos e muito menos com ela, até mesmo seu cosmo não era perceptível para deixa-la mais a vontade e demostrar que não estava nem um pouco incomodado com sua presença, sabia que isso poderia ser chato, ela poderia não gostar, mas deixar alguém em pé e talvez com fome não fazia seu estilo, também aonde estava conversando não era dos melhores locais para ter um dialogo com alguém. - Vamos não se preocupe, sente-se. - Convidou formalmente. - Se alguém lhe soltar piada… Eu corto ao meio. - Respondeu com um tom frio e sério, demostrando a raiva que sentia por isso, mas no fim da frase deixou um sorriso se desenhar em seu rosto, não gostaria de assustar a amazona, mas ela não deveria se assustar apenas com isso, seu braço que guardava a alma da sua lâmina se abaixou voltando a mesa, ficando mais a vontade. Esperava atentamente a resposta e reação dela, esperava que fosse a melhor possível.


Raizen de Cães de Caça
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Qua Jun 01, 2016 9:43 pm


   

   

   

   

   
   

   
The Raven

   
"Que Héstia e Athena o recompensem por sua bondade"

   

   

   
Baixou os olhos quando o ouviu falar sobre tornar elogios constantes em sua rotina. Embora tivesse plena consciência de que deveria ter cuidado para isto não lhe subir sua cabeça, não pôde evitar corar um pouco e ficar feliz, afinal, quem sabe aquele pequeno contato amistoso fosse um sinal de Héstia indicando-lhe que estava indo no caminho certo? A essa altura do campeonato, chamar o rapaz de gentil seria repetitivo, então apenas o encarou em silêncio, ainda sorrindo.

Estava realmente grata por alguém que a tratasse com tanta naturalidade.

"Obrigada".

Escutou atentamente o que o rapaz falava, percebendo num momento que, por motivos que a garota desconhecia, lágrimas se apossaram de seus olhos. Instintivamente levou a sua mão até o rosto dele para enxugá-las, mas logo recuou, mais por hábito e por falta de prática em interagir com pessoas da sua idade do que por medo propriamente dito.

-Eles me disseram que você é um garoto esforçado - Falou com um pequeno sorriso, voltando a tarefa de alimentar os corvos e observando o garoto se levantar. Pensou que ele iria embora e já estava preparando a sua despedida quando mais uma vez naquele dia foi surpreendida com um convite e um toque que a chamava para um lanche, piscou analisando a situação e, com uma pequena felicidade infantil brotando em seu peito, aceitou.

"Podem ir passear um pouco, apenas não fiquem muito longe do santuário" Falou para os corvos.

"Tome cuidado, irmã" A voz de alguns ecoou em sua mente enquanto o bando se dispersava, Ivana acenou para eles, ajeitou sua túnica, guardou o saco de sementes dentro dela e voltou a seguir Raizen.

-Que Héstia e Athena o recompensem por sua bondade - Falou sentando-se no local indicado -Mas por favor, não se incomode caso alguém fale algo, eu... - Baixou o olhar encarando as próprias mãos -Eu não sou alguém pela qual valha a pena brigar.
   

   

   
   
   


Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Raizen de Cães de Caça em Qui Jun 02, 2016 4:37 pm


Mesmo que um dia isso acabe...

         
De fato aquela mulher era bem interessante, exitava em enxugar aquela pequena lagrima que deslizava no rosto do Cães de Caça, ficou um pouco com isso na cabeça e percebia a dificuldade que ela tinha em conversa com outra pessoa, centenas de duvidas explodiam pelos cantos da cabeça de Raizen, mas manteve o seu jeito simpático e sorrindo para ela, não queria lhe deixar desconfortável. As pessoas daquela vila tendem a respeitar quando ver uma armadura e claro que todos que passavam e até mesmo o garçom do local respeito a amazona, mesmo pequeno ele poderia ser um trabalho e tanto, diferente de muitos Cavaleiros é até raro lhe ver pela Vila Rodorio, não faz o tipo de visão que ele gosta de apreciar para pensar melhor. Seus pensamentos continuavam a cair com águas em uma cachoeira, mas poucas coisas eram aproveitadas daquilo, não entendia muito bem e nem mesmo conseguia presumir algo para ela não se achar tão útil. “Talvez uma decisão que a faça pensar assim”, presumia em sua cabeça tumultuada por seus pensamentos gritantes. - Você é uma amazona, é minha companheira de guerra e amiga, isso é o suficiente para mim. - Respondeu a sua frase, não gostava de como ficava ao se sentir tão mal daquele jeito, seu rosto não combinava com aquela face “triste”.

Não sabia exatamente oque falar, se sentia desconfortável por não saber nada a respeito e não queria machuca-la, suas palavras escapava de sua boca para não deixar que ela se sentisse mal, não era qualquer uma para Raizen nesse momento. Os olhos do Cavaleiro por muitas vezes demostrava frieza aos admiradores, mas não passava isso para ela. Enfim o comer chegava, dois sucos e dois pratos tipico da cidade, era uma cortesia para o Cavaleiro de Prata conhecido bastante por ali. - Acho que Héstia e Atena já fazem de mais me mantendo vivo a cada missão… Mesmo que um dia isso acabe. - Disse em voz baixa, parecia prever sua morte, mas em seu timbre  isso não lhe incomodava, talvez fosse besteira dita por ele da boca para fora ou talvez não, ele nem sempre fala algo produtivo. Comia a sua comida de forma educada como aprendeu com sua mãe, enquanto engolia sua comida e ficou em silêncio pensava como de costume por muitas coisas e até tentava imaginar o por que aquela mulher a sua frente agia como se não se importasse consigo mesma, sua cabeça lhe enviava infintas possibilidades, era difícil controlar isso pois procurava algo para manter a conversa, mas era ruim nisso.

Aos poucos a presença de Ivana confortava o Cão de Caça, não tinha muita dificuldade em conversa com ela e a cada palavra ficava mais interessado, era diferente de todos os outros parecia ter uma história bem emocionante por trás da Amazona de Corvo, uma armadura que ele nunca esperou ser vestida por uma pessoa do sexo feminino, após comer um pouco da sua comida ele levou a mão desocupada até seu copo de suco, suco de laranja um dos seus preferidos e bebia quase meio copo, não lhe deixava satisfeito, mas pausava um pouco para continuar a dialogar. - Então… Oque costuma fazer? - Perguntou um pouco sem graça, não sabia exatamente oque perguntar, ficava corado um pouco com vergonha quando analisava a situação de grosso modo, seu olhar ficava inquieto sem saber para onde olhar, mas passava aos poucos. Se manteve em silêncio esperando por sua resposta.


Raizen de Cães de Caça
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Sex Jun 03, 2016 11:41 pm


   

   

   

   

   
   

   
The Raven

   
"Amiga?"

   

   

   
-Sua amiga? - Deixou escapar erguendo os olhos por alguns segundos num movimento rápido antes de baixá-los novamente, confusa. Não sentia que o rapaz estava mentindo, mas ao mesmo tempo não era comum uma amizade se formar tão rápido, embora a amazona não achasse aquilo ruim.

"Se vamos lutar na mesma frente de batalha, é melhor que tenhamos boas relações, certo? Na guerra teremos que confiar nossa vida ao outro"
Pensou, fazendo uma breve prece de agradecimento pelo lanche e começando a comer devagar, da forma mais civilizada que conseguia. O tempo longe da civilização a fez esquecer algumas convenções sociais, mas pelo menos sabia usar talheres, lembrava de lavar as mãos antes de comer e não mastigava de boca aberta, o que já era lucro.

-Quando eu não estou treinando, gosto de escutar os outros cantarem - Falou com um sorriso um pouco maior, mostrando-se aos poucos mais a vontade na presença do cavaleiro -E gosto de cantar, mas a minha voz não é grande coisa... Também gosto de ajudar as parteiras do vilarejo, ou pelo menos as que me aceitam desse jeito, afinal, testemunhar um nascimento é sempre algo belíssimo - O brilho nos olhos se tornou um pouco maior enquanto inconscientemente a jovem gesticulava um pouco mostrando a sua felicidade -E você, Raizen?
   

   

   
   
   


Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Raizen de Cães de Caça em Seg Jun 06, 2016 2:52 am


Sorria.

         


É fácil para Raizen fazer amizade pois quando ele quer é amigável, gentil, com qualquer pessoa sem exceção, a mulher consegui deixar o Cavaleiro de Prata muito a vontade, não sabia explicar isso, mas deixou que fosse um sentimento de amizade além do que permitia, não se importava com isso e mesmo que fosse uma paixão ele já estava acostumado a se permitir se machucar por dentro, sempre foi assim. Mas seu pensamento não poderia ser voltado nisso, não agora. A voz doce da amazona adentrava em seus ouvidos, era interessante tudo que a menina lhe falava, coisas normais, mas que não esperava que a mesma fizesse este tipo de coisa, diferente de tudo que já viu e ouviu, mas a imagem doce e meiga que tinha dela mesmo com a cicatriz só fez aumentar, a garota de fato já era sua amiga mesmo tendo costumes um pouco diferentes. “Ela… Canta?!” Se surpreendeu bem no fundo e era nítido em seu rosto, imaginou por algum momento como seria ela cantando qualquer música, sua voz lhe agradava e de imaginar a mesma cantando lhe deixou mais leve, mais solto. Quando percebia que estava olhando nos olhos dela ficou corado, retirou depressa o olhar desviando para qualquer coisa, disfarçava esse pequeno constrangimento.

Poucas coisas ocupava o tempo vago de Raizen, o mesmo preferia ficar em algum lugar calmo para relaxar, quando não está em missão ou treinando por conta própria. Até mesmo a pouco tempo atrás não estava fazendo nada de produtivo. - Hm… Deixa eu ver… Quando não estou em missão, oque é difícil. Fico perambulando pelo Santuário, as vezes fico em algum lugar calmo para relaxar e dormir um pouco, gosto de certas visões para relaxar e pensar sobre as coisas. - Respondeu de forma meiga, seu rosto estava um tanto bobo como a sua aparência representa um pouco. Se sentia feliz mesmo que não conseguisse expressar isso como queria, perceber na voz dela que estava contente na companhia dele era algo sem igual. Mantinha a sua forma educada de comer, nada apressado pois gostava de sentir todo gosto que a comida poderia lhe presentear, basicamente deseja que aquele momento demorasse a passar, poucas vezes ele se sentia a vontade com alguém.

- As vezes penso que o Santuário está em falta de Cavaleiros, quase sempre sou convocado para alguma missão. É desgastante. - Sua voz ecoava um tanto engraçada pelo fato de se “zangar” com esse tipo de coisa direcionada apenas a ele, se degastava muito em missões pelo mundo a fora. Esse comentário escapou de sua boca pelo tédio que consumia a ponto de não saber exatamente oque falar, era normal se tratando de um homem, não que visse aquilo como um encontro, mas as palavras falhavam em sair de sua boca de forma produtiva. - Desculpe-me, acho que o nervosismo levou todo meu assunto embora… Heheh… - Sorria um pouco decepcionado consigo mesmo, era explicito isso em seu rosto. Era verdade que gostaria de perguntar muita coisa sobre ela, deixaria também que a garota perguntasse da sua vida, mas isso era para outra ocasião. Voltou a pensar na palavra que a garota parecia ter deixado escapar, parece que chama-la de “amiga” fez que a mesma responde-se de uma forma solitária, Raizen pensou que talvez ninguém ligasse para a existência dela.

Muita coisa pensava sobre a mulher, mas antes que ela responde-se a algo ele deixou que mais algumas palavras saíssem de sua boca. - Sabe… Não sei nada sobre você, mas me parece que você é solitária… De qualquer jeito, sou igual a um cão, fiel e melhor amigo que o homem pode ter, não sei oque passou na sua vida até chegar até aqui… Mas não deixaria que meus amigos fiquem triste! - Respondia com um entusiasmo assustado, a sua mão guardiã da sua habilidade se erguia na direção dela com o punho fechado e um sorriso estampado em seu rosto, parecia bobo tentando animar a amazona, de fato não gostava de ver ninguém que julgava próxima dele triste, isso valia também para a sua recém amiga. Deixou o tempo passar e a garota responder, seus olhos estavam focalizado nela e esqueceu as outras coisas por perto.


Raizen de Cães de Caça
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Sex Jun 10, 2016 12:14 am


   

   

   

   

   
   

   
The Raven

   
"Little dreams take wings"

   

   

   
Para quem não era acostumada a manter conversas longas com os outros, Ivana até que estava indo bem. Não contava sobre seus hobbies para qualquer um, e embora tivesse dito a si mesma que aquela abertura era apenas porque eram companheiros de batalha, a verdade era... Estava cansada de estar sozinha.

"Não está feliz conosco, irmã?" A voz preocupada de um dos corvos logo ecoou em sua mente e a jovem conteve um suspiro.

"Não é isso, Mik, é que contato humano é importante as vezes. É como... Você e os seus irmãos, sabe? Tem coisas que só vocês compreendem porque só vocês são corvos, entende?"


"Um pouco. Desde que nos conhecemos nós não somos completamente corvos, assim como você não é completamente um ser humano, afinal, que ser humano se comunica com bichos? E quantos bichos você viu até hoje que entendem perfeitamente a linguagem humana?"


Agora o suspiro não foi contido. A jovem não percebeu que seus olhos estavam desfocados enquanto se concentrava mais e mais na conversa com os corvos. Embora os amasse e se sentisse grata por eles sempre a acompanharem, uma parte dela sentia-se muito triste por saber que eles não eram mais capazes de voltar à natureza como animais normais por sua culpa, um dos preços a se pagar por usar aquela habilidade por tempo demais neles, embora inconscientemente.

"Pensando nisso de novo?" Agora outro corvo, dessa vez mais velho, a repreendeu "Nós somos parte de você e você é parte de nós, não há nada de errado com isso, então pare de se culpar, irmã".

Sentiu em seu peito o carinho que tinham por ela e sabia que eles sentiam seu enorme amor e gratidão. Coçou os olhos enevoados para disfarçar algumas finas lágrimas que apareceram e ergueu a cabeça, despertando abruptamente para a sua realidade -Er... - Os corvos foram rápidos em lhe situar e ela logo se calou ao perceber que Raizen falava, escutando o resto das afirmações do cavaleiro.

-Eu não sou convocada para muitas missões além das de reconhecimento, se o Santuário confia em você, tenho certeza de que é alguém muito competente - Falou com um sorriso tímido, sem saber direito o que dizer naquela situação.

Desconfortavelmente encarou Raizen com o nervosismo e constrangimento típicos de quem não sabia o que fazer naquele momento, até que aos poucos os sentimentos foram mudando. A medida em que ele falava suas impressões sobre ela, a garota ia baixando a cabeça porque... Era e não era verdade de certa forma, podia ser solitária no que dizia respeito as pessoas, mas... -Os corvos amenizam. Eles são ótimos amigos - Deixou escapar levando inconscientemente a mão até a cicatriz no rosto, escutando as palavras gentis do rapaz e sentindo-as ressoar em sua mente -Eu não sei o que dizer agora...- Confessou sem jeito, erguendo desajeitadamente a mão com o punho fechado e com ela tocando o punho do rapaz estendido em sua direção - Mas obrigada de qualquer jeito - Um pequeno riso deixou seus lábios e a garota ficou encarando o companheiro de guerra por algum tempo, sem ideia de como continuar o assunto, até que...

-Quer saber o que aconteceu? - Apontou para a cicatriz, quebrando o silêncio desconfortável -Não é uma história muito bonita e provavelmente você não vai olhar para mim com os mesmos olhos de antes, mas... Você merece saber a verdade, eu não sou uma pessoa tão boa - Confessou baixando os olhos -Mas você é, é por isso que tem que saber a verdade... Não vale a pena alguém como você ficar por aí com uma estranha como eu.

Respirou fundo, preparando-se mentalmente para algumas possibilidades, incluindo a de que, ao fim daquela história, ele nunca mais olhasse na sua cara "Uma hora ou outra ele pode acabar sabendo, então se for agora... pelo menos não fomos amigos por muito tempo, mas foi divertido enquanto durou".
   

   

   
   
   


Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Raizen de Cães de Caça em Sex Jun 10, 2016 3:20 am


Te protejo.

         

Admirava com seus olhos todas as faces de Ivana, seus olhos brilhavam observando-a sentado em sua cadeira, seus olhos, seu faro e seu paladar assim como de um cão, eram tão aguçados ao ponto de ouvir o barulho mais baixo em volta dele, seu gesto facial lhe fazia presumir que pensava em alguma coisa capaz de lhe tirar atenção. Sorriu de maneira besta, mas não ligava para isso, voltou então a mastigar e saciar sua refeição de maneira educada e devagar, não evitou olhares para a moça a sua frente e ficava mais corado quando a mesma dirigiu a palavra a sua pessoa, sua pele facial estava mais vermelha que um camarão, mas conteve isso em alguns segundos. - Hehehe… Até me parece um encontro, fico sem jeito do que falar… - Respondeu de forma descontraida e um pouco sorridente. As palavras a seguir que escapavam, as anteriores que não confortavam seu coração, mas lhe fazia entender bem oque sentia, ficar sozinho é sempre chato, mas pelo menos ela tem a companhia de seus corvos, o Cavaleiro de Prata poderia notar caso se dedicasse a procurar pelo cosmo, mas Ivana era a única coisa que lhe evitava de aumentar o cosmo para besteira.

Sua mente projetou de imediato a resposta que daria a Ivana, aquelas palavras não foram legais por parte dela, ele sabia disso. - Você se acha um lixo por uma decisão? Não tem moral para ser uma amazona. - Finalizou, disse de forma cruel, infelizmente esses tipos de palavras escapavam de sua boca. Mas algo de perder a amizade não seria simples. - Entenda uma coisa Ivana… Eu só levantarei minha lâmina para matar, caso alguém importante na minha vida esteja em perigo, isso inclui você. Não ligo se a conheço a pouco tempo, mas foi tempo o suficiente para garantir seu lugar em meu coração, mesmo que tenha matado eu a defenderei. - Finalizou, sua voz estava séria e bastante firme, poderia ser palavras pesadas, mas ele sabia que a garota tinha forças suficiente para ouvir aquilo como algo positivo, mas para lhe confortar se moveu para algo. Inclinou-se na direção dela, ficou muito próximo de seu rosto e sua mão então se moveu a sua cicatriz, sentia em sua mão as irregularidades de sua marca, seus olhos encararam os delas, deixou que um pequeno sorrisso desenhasse em seu rosto, demostrou confiança  e timidez com seu rosto corado por estar tão próximo, mas queria manter-la bem. Afastou-se aos poucos. - Pode me falar, eu sou seu amigo, já mais te deixarei de lado! - Respondeu ainda próximo de seu rosto, mas se afastando aos poucos.


Raizen de Cães de Caça
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Ivana de Corvo em Qua Jun 15, 2016 1:10 am


   

   

   

   

   
   

   
The Raven

   
"Never Forget"

   

   

   
"Eu sabia" Pensou quando ouviu Raizen falar que ela não tinha moral para ser uma amazona. De fato, estava ali a mando de Héstia para quitar uma dívida imensa, porém quanto mais conhecia sobre os cavaleiros e o que eles representavam, mais percebia que não era digna de um patamar tão seleto, apesar de que desistir daquilo NÃO era uma opção. Era seu objetivo de vida, sua promessa, sua razão para acordar todos os dias, então, quer a aceitassem ou não, quer fosse digna ou não, Ivana tinha consciência de que era ali, no santuário, servindo a Athena, que deveria estar.

Mas as palavras seguintes a surpreenderam "Como você pode falar isso tão fácil? Como você consegue olhar para alguém como eu... E não sentir repulsa?" Talvez seus olhos estivessem transmitindo seus pensamentos, não sabia dizer, apenas encarava o rapaz com uma angústia contida, dividida entre a gratidão por alguém aparentemente tê-la aceitado sem ressalvas e a dor que as lembranças de seu passado lhe traziam, a dor de quando ainda era Celty.

Não soube dizer quanto tempo passou apenas olhando para o rosto de Raizen e sentindo a mão que tocava a pele queimada de sua cicatriz. Aquela era a combinação de toque e olhar mais gentil que experimentava em muito tempo, sem repulsa, sem ressalvas, sem pena... Como se eles realmente fossem iguais, sem acreditar naquilo, sondou com seu cosmo um pouco da mente do rapaz e não encontrou animosidade, rejeição, escárnio ou nada que lhe diminuísse.

Nada.

"Como pode?".

Só percebeu que estava chorando quando as lágrimas molharam a mão do companheiro de guerra, rapidamente afastou o rosto e enxugou os olhos, murmurando um pedido de desculpas.

-Eu vou te contar -
Falou, um pouco mais calma - Seria injusto com a primeira pessoa que me ajudou não falar isso, então... Apenas escute até o fim, por favor.

Sentiu a agitação dos corvos e escutou as vozes do bando sobrepondo-se umas as outras, desesperadas por entender o que estava acontecendo. Uma pessoa normal provavelmente teria enlouquecido com tantas mentes diferentes conectadas a sua, mas a amazona de prata apenas tentou tranquilizá-los e dizer que tudo ficaria bem... De alguma forma que nem mesmo ela sabia.

-Eu nasci numa ilha distante, tão pequena que se estiver no mapa eu irei me surpreender. Meu pai era pescador e minha mãe, artesã, nós vivíamos numa vila bem pobre, mas éramos felizes, entende? Eu sempre vi meus pais passando dificuldades, então vivia lhes pedindo para trabalhar também, embora não concordassem no início eu consegui convencê-los, assim, comecei a vender algumas coisas na feira da cidade quando tinha doze anos. Era um mundo completamente diferente da minha vila e eu fiquei fascinada por tudo: As joias, as roupas, as pessoas, o dinheiro tão precioso para nós que para elas não parecia faltar... Acabei fazendo amizade com a filha do homem mais rico da cidade e me deixei ser influenciada por ela - A essa altura, Ivana não tinha mais coragem de olhar Raizen nos olhos - Comecei a desejar o que eles tinham, a felicidade que eles mostravam, o luxo do que usavam... Eu queria aquilo para mim. Comecei a exigir coisas dos meus pais que eles não podiam me dar, como roupas e joias, e nós brigávamos, brigávamos muito, até que um dia o pai dessa garota disse que queria me comprar e, para me ver feliz, meus pais aceitaram, depois desse dia eu passei a morar na mansão que eu tanto queria.

A voz melancólica parou por alguns segundos para se recompor, respirando fundo "Você começou com isso, agora vai até o fim".

-No início tudo parecia perfeito, pelo menos para mim, a minha suposta amiga não me via como nada além de uma boneca que servia como sua empregada, mas na época eu fui muito tola e não percebi imediatamente, foi preciso que eu escutasse uma conversa entre ela e outra garota, onde ela dizia claramente que eu não era nada além de um objeto de diversão dela, para que eu tomasse consciência de até onde eu havia caído - Falou baixo -Naquela hora eu não aguentei e interrompi a conversa, nós acabamos discutindo e ela... Bom, digamos que eu pude ver por mim mesma o calor que emanava da lareira do quarto dela.

Instintivamente levou a mão até o lado direito do rosto, mas mesmo sem isso, duvidava que o cavaleiro não adivinhasse que falava daquela cicatriz horrenda -Esta não é a única marca que eu carrego, mas as outras eu consigo esconder de alguma forma - Falou se referindo as várias cicatrizes impostas pelas cruéis sessões de tortura, tanto físicas quanto psicológicas -Basta saber que um dia eu consegui fugir para as florestas e acabei encontrando eles.

Pela primeira vez desde que havia começado a contar sua história, a amazona sorriu, estendendo seus braços para dois corvos que voaram para perto de si e os acomodando com familiaridade em seu colo -Passei um bom tempo sozinha, me recuperando na medida do que era possível, até que tomei coragem e fui para o meu antigo vilarejo, encontrando tudo completamente destruído - A voz voltou a melancolia - Uma doença se espalhou pelo lugar e praticamente todos morreram, mas mesmo antes disso, meus pais... Eles já estavam...

Levou as mãos ao rosto e respirou fundo para não chorar (mais) na frente dele.

"Tudo foi sua culpa, nunca esqueça".

-Eles já estavam mortos -
Forçou-se a completar a frase - Minha mãe desenvolveu depressão pouco tempo depois que eu saí de casa e não resistiu, pouco tempo depois disso, meu pai cometeu suicídio - Ergueu a cabeça - Entende por que eu não sou digna de nada? Entende por que eu fiz por merecer cada cicatriz e cada tortura que sofri? Eu causei a morte das pessoas que mais me amavam nesse mundo e com certeza o que me esperava era uma morte fria e cruel, mas Héstia... Héstia teve piedade de mim - Falou séria, com uma gratidão visível -Ela me salvou, me alimentou quando eu não tinha nada e ordenou que eu viesse para o santuário como forma de pagar a minha dívida, e isso eu nunca esquecerei - Olhou no fundo dos olhos de Raizen, com um olhar de determinação pela primeira vez desde que iniciaram aquela conversa -Eu vou aguentar cada humilhação, cada chacota, cada provação que colocarem no meu caminho, pacientemente e sem reclamar, por dois motivos: O primeiro: Eu mereço, o segundo: Servir Athena e Héstia é a minha razão de viver e eu vou lutar para fazer o meu melhor com todas as minhas forças - Passou alguns segundos em silêncio, ainda o encarando, até que percebeu a sua situação, suspirou e mexeu no cabelo, envergonhada por toda aquela cena -Isso é o que eu sou, Raizen... Pode ser meu amigo apesar disso?


   

   
   
   


Ivana de Corvo
Cavaleiros de Prata
avatar

Ficha de Personagem
HP:
400/400  (400/400)
Nível: 1
Cosmo:
400/400  (400/400)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Cold Rain

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum