Últimos assuntos
Parceiros irmãos
Diretórios de recursos
Parceiros elite
Parceiros normais

[Evento] O Resgate de Nike

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Athena em Qui Mar 19, 2015 9:26 pm


O Resgate de Nike


Quando deixou seu templo Athena trajava o habitual vestido branco, as joias douradas adornavam ainda mais a beleza da jovem deusa, porém seu semblante ainda que demonstrasse paz, seus olhos já não tinham mais a serenidade de outros tempos. A deusa caminhava com passos lentos, como se retardasse sua chegada e de fato estava. No fundo não desejava lançar seus cavaleiros novamente em missão que pudesse lhes custar a vida, estava pensativa e cogitava na hipótese de deixar o santuário, porém isso poderia ser pior, deixar o local vulnerável poderia ser muito pior. Naquela noite não havia dormido ponderando no que fazer e não tinha outra opção se não lançar seus cavaleiros a própria sorte em uma missão que poderia lhes custar a vida.

Chegou ao grande salão onde seu pontífice sempre ficava a deusa caminhou cabisbaixa até seu trono, sentou-se e fintou o enorme salão, seus olhos fintaram cada detalhe do enorme local, as pilastras de mármore alvo, o enorme tapete vermelho que se estendia desde seu trono até a entrada do local. Ali apenas os cavaleiros convocados pela deusa chegavam, nenhum inimigo havia chegado até ela, graças ao sacrifício de seus cavaleiros que combatiam de forma destemida seus inimigos. Athena soltou um longo suspiro escapou de seus lábios, em sua mão tomou o báculo que desde os primórdios a acompanhava em todas as guerras e sempre lhe concedeu a vitória.

A voz da Deusa soou baixa no salão e logo uma de suas sacerdotisas aproximou-se da mesma e pausadamente Athena solicitou que uma convocação fosse emitida, precisava que seus cavaleiros saíssem em missão o mais rápido possível. Mas dessa vez não os obrigaria partir para morte, algo havia mudado nessa guerra e tornava as coisas mais claras para a Deusa que se questionava onde havia falhado com seus cavaleiros. Assim que seus protetores ali chegassem explicaria o que estava acontecendo e tudo que ela poderia lhes oferecer eram suas orações para que ficassem bem. Mas aquele era o momento de mudar o rumo da guerra, tentar mascarar a situação não seria o suficiente, precisava fazer muito mais do que isso.

Athena fechou seus olhos e deixou que seu cosmo tomasse conta de todo o santuário, tocando assim o coração de cada um de seus cavaleiros, os mostrando que jamais estariam sozinhos, a Deusa sempre fazia isso desde que havia perdidos seus últimos guerreiros. Naquela época Athena era uma criança e tornou tudo aquilo muito mais difícil para ela, mas fizera a deusa crescer com uma convicção forte em seu coração, Hades pagaria por cada vida que ele havia levado, cada cavaleiro morto. Suas mãos fecharam-se ao redor do báculo dourado enquanto ela se levantou, o grande mestre apenas observou a Deusa que voltou a caminhar na direção de seu templo, o velho pontífice sabia que havia algo de diferente na Deusa.

Algum tempo se passou, o suficiente para que seus cavaleiros recebessem seu chamado, tudo estava calmo até que o poderoso cosmo da Deusa tomar conta de todo o santuário, mas dessa vez não era o cosmo acolhedor, era forte e poderoso, poucos havia sentido o cosmo de Athena daquela forma e talvez poucos tivessem visto Athena daquela forma. Quando Athena adentrou ao local o velho pontífice a olhou um pouco assustado, o que cobria seu corpo era uma linda túnica branca de mangas longas, estava com seu cinturão dourado de sempre, em sua mão direita trazia seu báculo, mas no braço esquerdo ela trazia Aegis, o escudo poderoso que a mesma usava quando trajava sua armadura e seus cabelos eram parcialmente escondidos pelo imponente elmo dourado que a Deusa usava. Quem visse Athena naquele momento tinha a completa certeza, a Deusa da Justiça, também era a Deusa da guerra.


Athena
Olimpianos
avatar

Ficha de Personagem
HP:
100000000/100000000  (100000000/100000000)
Nível: 100
Cosmo:
100000000/100000000  (100000000/100000000)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Convidado em Dom Mar 22, 2015 3:02 pm




Inclinação



Por vezes penso no que faço neste lugar. Uma monotonia tão constante que deixa meu ser vazio, o tempo faz esvanecer o escopo que outrora gozei. Quiçá eu careço de novas intenções, por outra forma devo abandonar o santuário. Vejo que Atena está estagnada em trono, sentada e esperando Hades agir. É um tempo de dúvidas,  quaisquer fatos serão decisivos para a minha escolha.
Estou caminhando numa densa floresta, ouço o gorjeio dos pássaros que voam acima de minha cabeça, um som que sou acostumado a ouvir cotidianamente. Pouco preparo-me para eventuais pelejas, sinto como a cada segundo posso morrer, então decido contemplar a natureza, este é o meu treino. Minhas habilidades são cognitivas, numa luta corpórea dificilmente ganharia. Sento-me à base de uma rocha esverdeada de lodo, tudo está com um aspecto úmido e abandonado, é uma área que tenho apreço pessoal e íntimo.
Será que o Meikai prepara-se para uma guerra? Ou poderia eu repousar mais um pouco? Preciso de um direcionamento, tudo está se perdendo e minha consciência dissipa-se de razão.
Um toque inesperado preenche o vácuo que antes atormentava o meu coração, acolhedor, calmo, delicado. Uma sensação que nunca eu senti. É a Deusa Atena, eu devo ir até ela. Levanto-me a vista está embaçada e a chuva toma conta daquela área, o cheiro da umidade penetra o meu olfato.
Quando dou meu primeiro passo, o cosmo da Deusa modifica-se em tom. O outrora sensível cosmo torna-se forte e imponente. Estou a sentir o cosmo de Atena? Uma sensação de união veio e tive a certeza. Pertence à Atena, e esta prepara-se para a guerra. É um chamado, é imprescindível  que eu compareça ao grande Salão.
Vou para a vila em que moro, e troco a encharcada roupa que ficou abaixo da chuva. Pouco de variação de vestimenta tenho, mas tento selecionar a mais galante possível, uma vaidade um tanto desnecessária. Ando pelas estreitas ruas da vila, e me vejo numa surpreendente cristalina poça d’água. O reflexo da minha imagem faz me pensar no que eu devo seguir, a Deusa me chama, mas devo respondê-la? O que a minha vida ganharia com isso? O que ela já fez por mim? Este cargo não trará nada além de morte e sofrimento. Após pensar nestas indagações internas, percebo que não posso dar as respostas necessárias. Preciso ir até a Deusa, e então ela dará as respostas, de forma contrária, bandearei à oposição.
O caminho é curto, olho ao portão da sala, fito os detalhes daquele lugar. Estonteante e belo, faz-me querer ir até os Elísios. Seguro a porta, e de forma devagar a abro. Lá estava Atena, a Deusa da justiça e da guerra. A contrariedade personificada, existe guerra justa?
Meus lentos passos reverberam pelo salão, saúdo o Grande Mestre sigilosamente, não posso deixar a minha atenção voltar-se à outras pessoas. Aparentemente, fui o primeiro cavaleiro a responder o chamado da Deusa, aproximo-me dela e curvo-me. Cabisbaixo e com um tom respeitoso, declamo:
-Deusa Atena, a que motivo me chama?
Neste momento, levanto a cabeça, à motivo de fitá-la.
-Algo que queria declarar?
Meus claros olhos demonstravam uma pessoa incerta e fraquejante, a resposta seria crucial para os eventos que acontecerão na minha vida a partir deste exato segundo.
O começo do fim.







Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Convidado em Dom Mar 22, 2015 3:25 pm

The Saint

-Athena...

O santo localizado a casa de Libra, murmurava calmamente o sibilato nome da Deusa, quando um cosmo pacífico tomava conta do santuário. Os azuis olhos do garoto, deslizavam para a escadaria do santuário, teria feito um juramento com a Deusa, daria sua vida por ela, se sacrificaria para manter a paz no santuário, e neste momento, o cavaleiro necessitava de seu auxílio, um chamado. ''Por Athena... este não deve ser boas notícias...''. Lentamente, pôs-se a caminhar rumo acima, subiria as escadas em leves e soturnos passos, enquanto carregava o seu elmo entre braços, apreciando a brisa suave que levantava seus cabelos, exalando seu cosmo pacífico por todo o local, enquanto mergulhava meio a seus lapsos memoriais do passado, algo que prejudicava o garoto há tempos.

Shuya lembrava de seu passado, necessariamente de seu pai, cujo mesmo dera vida para proteger Athena, e agora, carregava seu legado, e teria de traçar um novo caminho em busca de honra e glória a Athena. Não somente isso, buscava vingança e justiça à seu pai, enquanto que o assassino não fosses morto, a sede e combustível que alimentava o garoto, não seriam saciados. . Parando lentamente a porta do grande salão, dera um suspiro encorajador, e adentrava a enorme sala, cuja ao fim, estaria o trono juntamente a beleza da Deusa, que chamava a atenção do cavaleiro. Olhando-a fixadamente, aproximava-se lentamente enquanto a dourada de Libra brilhava em meio a iluminação do local. Já perto de Athena, o garoto, permanecia em silêncio, reverenciado-se a Deusa de joelhos, demonstrando sua devoção, lealdade, e respeito.


Words: 545; Wearing: this; music: break free; note: Who I am? 
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Convidado em Dom Mar 22, 2015 10:10 pm



  O silêncio desgostoso que encontrei enquanto subia a escadaria apenas complementava a angústia dada por um pesadelo na noite anterior. Tanto era que a cada degrau, mais me sufocava e mais era o aperto que sentia no peito. Estava mesmo difícil de respirar, e tudo por conta de minha cética imaginação que só idealizava a clamada guerra.
Continuei cabisbaixo até que algo fez-me levar a mão até o peito e sentir que haviam me atirado um raio carregado de compaixão e pureza. Assim como a luz do sol, o calor aconchegante do cosmo da Deusa tocou meu coração e arrancou-me os pensamentos de escuridão, e como nas noites de lua, como estrelas meus olhos brilharam.

Athena me chama...

Então segui em frente e deixei-me guiar por meu coração. Enchi-me de bravura e quando ergui minha cabeça e vi os pássaros voarem dando vida aquela imensidão azul senti uma motivação desigual, por um momento me senti sublime, parecia que poderia travar guerras e guerras em nome da Deusa Athena.
Logo que cheguei tratei com os cortejos, ajoelhei-me perante a Divindade de fronte a mim proclamando..

- Senhorita Athena...?
 


Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Vassilissa de Virgem em Seg Mar 23, 2015 11:08 pm



Gêmeos: A lenda noturna


Seu peso se encontrava todo sobre o joelho esquerdo, enquanto que com o direito estava a sustentar um de seus braços em repouso. Sua face, assim como seus olhos estavam fixos contra o chão, de modo que ela pudera visualizar com clareza a base pertencente ao pedestal onde a armadura se encontrava repousa. Este possuirá uma tonalidade branca, e cerca de um metro de altura assim como um formato cilíndrico, com detalhes esculpidos de forma graciosa à volta. Eram escritas gregas destinadas aos mais antigos, e heroicos, cavaleiros de tal constelação. Contos de sua mais incrível aventura, a morte. Até mesmo Balron recebia posição entre aqueles magníficos heróis, uma vez que seu espírito se encontrava guarnecido na veste. A armadura encontrava-se em sua forma original - a imagem pertencente a constelação de gêmeos - posicionada ao topo do pedestal, a emanar um grande e poderoso cosmo, que resplandecia no mais puro tom de ouro. Era um cosmo capaz de apaziguar os corações mais perturbados e violentos, um cosmo puro e sem duvidas que ressonava na presença das demais vestes. Este cosmo possuiam aspectos similares ao cosmo pertencente ao ultimo guardião: Blaron, cavaleiro de ouro de Gêmeos.

Seus olhos já se encontravam marejados devido a tal observação, de modo que suas lagrimas percorriam com vigor por entre sua face exposta. Suas bochechas assumiam uma tonalidade rubra, assim como um aspecto quente e febril. A perda ainda mantinha as feridas firmamento abertas em seus mais ocultos devaneios, eram lacunas que não mais seriam preenchidas. De forma vagarosa a amazona levara ambas as mãos a mascara dourada repousa a sua frente, tentando assumir coragem de novamente traja-la, para então se por de pé perante seu atual destino: a morte. Um destino certo a todos os que por entre aquela terra caminhavam.  

As lagrimas derramadas, eram apenas uma resposta inconsciente perante a angustia que transbordava ocultamente em seu interior. Seus mais profundos lamentos. Posicionou a mascara por sobre a face ainda úmida, ocultando por completo seu momento de fragilidade. - Balron... - Fora o que ela dissera ao fim, com a voz abafada contra o material poroso pertencente ao item que agora cobria sua boca. Sua visão, assim como respiração, não fora de nenhum modo prejudicada pelo material pertencente a mascara. Agora sua face que antes fora chorosa, possuirá uma rígida e gélida expressão, desenhada de forma graciosa por entre o ouro. O cosmo pertencente a Deusa, invadia a terceira morada com vigor, alastrando sua mensagem por entre todo o santuário. Thalia por sua vez não levantara-se a primeiros momento, apenas olhara para contra a origem de tão poderosa cosmo energia, como se vendo por entre as solidas paredes pertencentes ao templo. Como se pudesse visualizar com clareza a origem de tão devastador poder. Era sua Deusa que os convocava. - ...estamos a ser convocados para guerra. - Disse ela ao fim, a completar seu pensamento.

Exitante ela levantou-se, pondo-se de pé a frente de sua armadura. Em resposta ao movimento, a veste se desfez em peças, direcionando-se ao corpo da jovem como se atraída por um forte elo. um chamado. Encaixava-se com maestria ao longo das curvas da amazona, desenhando-se com graça por entre seu corpo antes desprotegido. A capa branca, assim como os cabelos, esvoaçaram junto ao cosmo emanado pela guerreira apos receber o traje. Estava pronto para se apresentar perante seus superiores. Virou seu corpo pondo-se a caminhar para contra as escadarias posicionadas ao fundo da morada, afastando-se do memoria. Era um longo caminho até o ponto de origem de tal cosmo energia, e outros já se encontravam neste mesmo caminho, ignorando os guardiões que ali residiam. 

A passagem por câncer fora de muitas formas serena, apesar da energia pertencente ao mundo dos mortos que se encontrava impregnada por entre aquelas resistentes paredes. Porem ao adentrar a morada de Leão, a amazona se obrigara aparar. A cosmo energia de seu guardião impedia que Thalia prosseguisse de uma forma pacifica, por este motivo ela falo: - Chamo-me Thalia, guardião da terceira morada, amazona regida pela constelação de Gêmeos. - Deu uma rápida pausa para então enfatizar. - Apresente-se. -


Continua...


Vassilissa de Virgem
Cavaleiros de Ouro
avatar

Ficha de Personagem
HP:
600/600  (600/600)
Nível: 1
Cosmo:
600/600  (600/600)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Convidado em Qui Mar 26, 2015 12:06 am

Suikya a bela amazona de prata de Taça



*A bela amazona de prata estava em seus aposentos no acampamento dos Cavaleiros até que ela sentiu uma cosmo energia a chamando para o Santuário*

"Será que estamos em perigo os espectros querem invadir as 12 casas! Preciso avisar!"

*Depois disso saio dali e vou percorrendo pelo vilarejo de Rodorio vendo aquelas pessoas sorrirem para mim as crianças correndo em minha volta me saudando e eu também sorria para eles, mas algo estava me encucando com o que está acontecendo no Santuário

"O que realmente está acontecendo no Santuário... Algo está acontecendo com Athena! Preciso subir as 12 casas"

*Depois de um tempo passando pelo vilarejo de Rodorio finalmente chego ao Santuário e subo as escadas e quando entro nas casas peço para que eles me aceitem a subir.*

-Cavaleiros de Ouro, eu amazona de prata de Taça também fui convocada por Athena e preciso ver o que está acontecendo com ela!

*Vou subindo pelas casas de Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes até chegar ao Salão do Grande Mestre, mas ao subir algumas casas estavam vazias apesar de alguns dourados tenham subido. Chegando lá abro uma enorme porta e vou caminhando até o trono do GM, mas alguns cavaleiros de Ouro, Prata e Bronze ali. Me aproximo mais retiro meu elmo e minha máscara permanecia em meu rosto e me ajoelho perante Athena e o Grande Mestre*

-Sou Suikya Nepali amazona de prata da constelação de Taça estou ás suas órdens!
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Convidado em Sex Mar 27, 2015 10:47 am




 
 
O guardião da morada de peixes encontrava-se em um belo jardim de rosas diabólicas achadas em sua morada, a beleza daquelas rosas rubras faziam a cabeça de Héktor parar no tempo enquanto demonstrava sua admiração pelas suas companheiras de batalha. O interior salão de peixes estava bem iluminado, a luz refletia em sua veste causando um intenso brilho que poderia incomodar a visão de outros. Levando uma rosa diabólica até seus lábios ele pode sentir por um momento o cosmo de Athena, aquela cosmo energia exigia sua presença no Salão do Mestre. Fixando seus olhos diante da saída da décima segunda casa o dourado começou a dar repetidos passos elegantes até chegar as escadarias onde seguiria até o salão do mestre.

Minutos após isso:

Terminando de subir o ultimo degrau ele fechou seus olhos por um breve momento deixando seus lábios carnudos de coloração rosa derrubar a rosa diabólica que estava entre eles, e olhou o seus arredores a procura de dar uma breve espiada naquele ambiente que estava. Seguindo em frente, abriu uma grande porta onde adentrou na sala do mestre observando alguns cavaleiros reunidos, contudo,  ignorando a presença deles o Pisciano aproximou até onde Athena estava e ajoelhou-se perante a Deusa fechando seus olhos em resposta de que estava ao seu dispor.


>



Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Lucibel de Escorpião em Sab Mar 28, 2015 12:01 am







Chamado de Athena

Amazona de Leão


A leonina estava trancada em seu aposento ainda, havia comunicado a sua pupila que naquele dia não lhe ministraria nenhum treino e que ela treinasse na arena com os demais aspirantes. Algo incomodava Aileen naquela manhã, ainda que não soubesse exatamente dizer do que se tratava seus instintos estava por demais agitados. Andou de um lado para o outro dentro de seu quarto até que abriu a porta do armário pequeno que havia em um canto do quarto. Retirou uma vasilia de cerâmica, com alguns adornos dourados, mas em nada lembravam o mundo que a garota vivia naquele instante, Aileen no entanto conhecia cada um deles, cada simbolo tinha seu significado. A leonina passou o dedo por cada um enquanto simbilava algumas palavras em um idioma desconhecido. Labaredas escarlates surgiram, o rosto da ruiva se iluminou e um sorriso de canto surgiu em seus lábios, a jovem detinha muitos segredos e poucos aqueles os que os conhecia.

Ela tinha uma missão, uma dívida a ser pega de tempos longínquos, mas haviam muitas coisas que permaneciam ocultas em suas lembranças, era um mistério até mesmo para ela. Sentou-se no chão e observou as labaredas trepidantes, seus olhos se fecharam e o estalar das chamas eram a única coisa que podia se ouvir. Para a filha do fogo eram como palavras, que falavam diretamente a ela, eram sussurros que traziam a ela segredos que somente ela entenderia, segredos que falavam de guerra. Quando os olhos da amazona se abriram novamente as chamas ainda estavam lá, ela continuou observando por alguns minutos até que suas mãos sutilmente movimentaram-se e as chamas desapareceram como surgiram. Rapidamente a ruiva levantou-se e ainda que o mistério permanecesse ela já sabia pelo que esperar.

Assim que o cosmo de Athena invadiu a quinta casa, ela logo soube que o que havia sentido era real, a deusa não esperaria mais e agora os preparativos para a guerra começariam de verdade. O cosmo da jovem deusa não era pacifico como antes, ainda que sereno e acolhedor, talvez ela melhor do que qualquer outro cavaleiro sabia que sua deusa clamava pela guerra, não havia mais paz em seu coração. A amazona respirou fundo e caminhou até uma pequena ante sala onde sua armadura dourada repousava na forma de enorme leão dourado, o cosmo que emanava dela ainda que sutil era forte e a mesma reluzia como se fosse o próprio sol. Um sorriso desenhou-se nos finos lábios da amazona, sabia que não podia tardar a responder o chamado de Athena, sue cosmo elevou-se o suficiente para que a bela armadura cobrisse todo seu corpo, a armadura se encaixava de forma perfeita em cada parte de seu corpo e para finalizar a máscara dourada cobriu a face da ruiva.

Enquanto a capa branca balançava ao sabor do vento a amazona se encaminhava ao átrio da casa de leão para então subir até a sala do grande mestre, porém antes que as pilastras a revelasse por completo a guardiã daquela casas sentiu um cosmo se aproximar, um cosmo que ela mesma não saberia dizer de quem se tratava. Não era um cosmo comum havia algo nele que deixava a leonina intrigada, porém ela sabia que assim como ela já havia percebido a visitante a visitante já havia percebido ela e a as palavras dela apenas vieram para enfatizar tal verdade, havia um tom naquela voz que não a agradava. Apenas os passos da ruiva ecoaram pelo local, mas pareciam vim de todas as direções, as chamas das tochas tornaram-se mais intensas e o calor do local aumentou, mas ainda suportável para a visitante. Aileen surgiu diante dela e seu olhar encarou a máscara dourada que ela usava.

— Entrar em minha casa e falar de forma tão imperativa não me parece muito cordial... Amazona de Gêmeos. — a ruiva fez uma pausa. — Porém irei me apresentar... Sou Aileen, amazona de ouro de Leão e guardiã da quinta casa.

Um breve silêncio tomou conta da local, ambas se olhavam e seus cosmos pareciam se chocar, nenhum moimento era feito, apenas as chamas continuavam a queimar de forma intensa no interior da casa de leão. Aileen então deu um passo a frente e parou, seus cabelos vermelhos pareciam ter um tom mais vivo no interior daquela morada.

— Athena nos aguarda... Acho melhor prosseguirmos.... Ou você tem alguma objeção quanto a isso? — Disse com a arrogância de sempre em sua voz.
Aileen de Leão  -
credits @




Lucibel de Escorpião
Amazona de Athena



.soph.

Lucibel de Escorpião
Cavaleiros de Ouro
avatar

Ficha de Personagem
HP:
600/600  (600/600)
Nível: 8
Cosmo:
600/600  (600/600)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] O Resgate de Nike

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum